Saturday, October 01, 2005

Logocentrismo...

... é passar o tempo bastante preocupado com o que outras pessoas disseram ou escreveram - e que não foi bem dito, ou não é verdade, ou só em parte é verdade, ou... E depois começar a responder-lhes obsessivamente em livros, a corrigi-las invejosamente em jornais, a rir-se delas sarcasticamente em revistas, a denegri-las subtilmente em cartas, a contestá-las com estilo na rádio e na televisão. Derrida teve um pressentimento certeiro: logocentrismo é uma perda de tempo, uma estopada, uma chatice, uma vida de segunda mão, uma coisa para professores e tagarelas, um círculo onde circulam levianamente todos os nossos vícios - enquanto as árvores, que não falam nem sabem ler, crescem, dão folhas e frutos, morrem; enquanto os rios, que não são de tinta, correm para o mar, e os peixes, que não são imagens poéticas, vão nadando neles.



.