Saturday, October 01, 2005

Os apoiantes

Estava a ler no blogue Muito Cá de Casa a lista de apoiantes à candidatura de Manuel Alegre e perguntei-me: 1) pediram a essa gente ilustre para se manifestar em público solidária para com o poeta neo-realista e não lhes custou nada dizer que sim, ser amáveis? 2) são vítimas da necessidade de fazer parte de um rebanho público qualquer por terem medo da solidão existencial, política, económica, religiosa, social? 3) estão à espera de entrar na política também ou de ir beber uns copos e comer uns pastéis a Belém? 4) acreditam mesmo que Manuel Alegre daria um bom presidente da República? 5) são inimigos de Mário Soares ou devem-lhe uma vingançazinha qualquer? Para estas e outras hipóteses não tive nem tenho resposta. Mas fiquei surpreendido - e não devia - por ver o Nuno e a Manuela Júdice, que eu ainda imaginava amigos de Mário Soares, a apoiar o adversário do antigo Presidente. Solidariedade poética?

Concluí, antes de mudar rapidamente de assunto: não percebo mesmo nada de política, deve ser por estar há tanto tempo longe das tricas mundanas lisboetas, por não almoçar nem jantar com essa gente ilustre que é ou se imagina a nata da nação.